16.3.15

A morte e a morte de Quincas Berro D'água (Jorge Amado)


No início do ano recebi a lista de paradidáticos da minha escola e fiquei super animada ao saber que esse ano leria um clássico de um importantíssimo escritor brasileiro, o Jorge Amado, ele escreveu o livro em uma semana, a obra tinha sido encomenda para a edição de estréia de uma revista da época.

Editora: Companhia das Letras
Ano: 1961
Páginas: 96

---------------------------------------------------------------------------------------


Joaquim Soares da Cunha decide assumir sua essência e deixar de lado a imagem que a sociedade fez dele, virando Quincas Berro D'água, um personagem bem humorado, amigo de todos e rei das noitadas. Em a morte e a morte de Quincas Berro D' água conhecemos suas aventuras, amigos, família e mais importante, entendemos suas mortes.

A obra pode ser pequena, mas a reflexão é grande, viver o que seria apenas uma vitrine de você mesmo é muito comum hoje em dia, ainda mais com a pressão da mídia e do mundo que nos rodeia, Quincas é um estimulo para todos nos pensarmos em como estamos agindo. O mais interessante é que isso é tratado de forma muito engraçada e divertida. dei altas risadas. É impressionante como algo escrito em 1961 pode ser atual em 2015.

Ler um livro que se passava Salvador foi uma experiência única, pude reconhecer vários locais citados nele e imaginar os personagens lá, deu uma pitada de realidade a história e fez tudo ficar bem dinâmico, ainda mais sendo uma novela tão curta.




Essa edição da companhia das letras é maravilhosa, nenhum erro ortográfico, diagramação excelente e a capa também é linda, o legal é que no fim tem várias ilustrações, curiosidades e até antigas capas de a morte e a morte de Quincas Berro D'água.

Como a história é curtinha, eu resolvi não fazer uma resenha grande, podia acabar tendo spoilers, só queria dizer que recomendo muito o livro e que apesar de ser minha primeira leitura de Jorge Amado já me considero fã e pretendo ler todos os outros.



As fotos desse post foram tiradas por mim na casa do Jorge Amado que está aberta a visitação, saiba mais AQUI.



4 comentários:

  1. Olá,
    Antes de mais nada eu preciso comentar o quanto suas fotos ficaram lindas e como o cenário tem tudo a ver com as obras do Jorge Amado. Inclusive preciso conhecer melhor o trabalho desse autor.
    Beijos.
    Memórias de Leitura - memorias-de-leitura.blogspot.com

    ResponderExcluir
  2. Faz bastante tempo que não me dedico aos clássicos nacionais, sua resenha despertou novamente esta vontade ^^
    Beijos,
    Joi Cardoso
    Estante Diagonal

    ResponderExcluir
  3. Olaaá,
    Fiz a leitura desse livro há bastante tempo por conta do colégio e adorei, achei bem engraçado e com umas sacadas inteligentes. Ainda tive que fazer um vídeo baseado nele também e foi uma experiência bem legal. Ainda pretendo ler recentemente, tô numa vibe Jorge Amado <3 Adorei, ótima resenha!

    Beijos,
    (letitbela.com)

    ResponderExcluir
  4. Parabéns pela leitura, também só li um livro dele (capitães de areia) e pretendo ler mais coisas dele. Valeu pela sugestão!!!
    Essa questão de ler um livro onde o cenário é a cidade onde moramos é o máximo e nos ajuda na identificação com a história. Na época da escola adorava ler os livros do José lins do Rego, da Raquel de Queiroz entre outros que falam do Nordeste.
    Beijos

    Leituras, vida e paixões!!!

    ResponderExcluir

"Pense em suas palavras antes de comentar..."

© Whoislara - 2014. Todos os direitos reservados.
Criado por:Amaya Catcher Milk Shake de Morangor.
.
imagem-logo